Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião

Boas notícias para novas memórias

Por Luiz Carlos Bohn
Publicado em: 14.01.2022 às 03:00

O verão é a melhor estação para o comércio das praias do RS e, se a temporada 2021 não foi a melhor em razão da pandemia, a de 2022 deverá compensar. Recentemente, a Fecomércio-RS divulgou sua Pesquisa de Férias e a boa notícia é que as intenções de viagens trazem sinais positivos para este veraneio em relação ao ano anterior. O litoral do RS foi apontado como principal destino dos entrevistados (50,5%) e, entre as praias gaúchas, Torres (23,7%) foi a mais citada seguida por Capão da Canoa (17,2%) e Tramandaí (15,1%).

Quem foi criado no RS normalmente tem memórias de infância e juventude "na casa da praia". Amizades de verão, o balanço das redes, o famoso "nordestão", os artigos de praia que todos os anos se adquire nas lojas locais. Memórias afetivas que são importantes para todos e especialmente para os comerciantes do litoral que das temporadas de verão garantem o sustento do restante do ano.

Claro que nos últimos anos nosso litoral cresceu. Na pandemia, em busca de melhor qualidade de vida e mais espaço nos dias de quarentena, várias pessoas foram morar na praia. Cidades como Capão da Canoa, Tramandaí ou Torres são centros urbanos com infraestrutura de cidade grande.

Na temporada de férias anterior havia o medo da contaminação que agora foi diminuído pelo avanço da vacinação. Temos a retomada e a flexibilização das atividades. É uma ótima notícia que nossa Pesquisa de Férias traz. Renova esperanças de um veraneio com muitas oportunidades para os comerciantes. Afinal, novas memórias afetivas estão sendo construídas.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.