Publicidade
Esportes | Aimoré Segundo tempo

Aimoré sofre gol, mas empata com o Esportivo por 1 a 1 no fim do jogo pela Série D

A alteração aimoresista para a terceira rodada inclui a entrada de Isaías no time titular

Por Matheus Beck
Publicado em: 20.06.2021 às 15:09 Última atualização: 20.06.2021 às 19:38

Brasileirão série D 2021 Aimoré x Esportivo Foto: Diego da Rosa/GES

Em jogo com gols marcados após os 40 minutos do segundo tempo, Aimoré empata com o Esportivo em 1 a 1 no Cristo Rei. Esse foi o primeiro de dois jogos em sequência no Cristo Rei, pela Série D do Brasileirão. Com o empate, o Índio perdeu uma posição na tabela e foi para a quinta colocação. O próximo jogo é novamente em solo capilé, no próximo domingo (27), às 16 horas contra o Cascavel.

Panorama

O Aimoré encarou a terceira rodada dentro dos próprios domínios. A equipe recebeu o Esportivo, pela Série D do Brasileirão, em confronto gaúcho que pode ser para o Índio Capilé como início de uma sequência positiva. Após o enfrentamento, o time treinado por Gilson Maciel volta a atuar no Cristo Rei, diante do Cascavel.

O jogo

E o duelo iniciou movimentado. A chegada mais perigosa ocorreu aos 4 minutos do primeiro tempo. Falta batida de muito longe por Neto Baiano desviou na barreira e exigiu boa defesa de Otávio Passos. A partir desse momento, quem começou a se soltar foram os donos da casa. Com a qualidade de Juninho Tardelli, o Esportivo pressiona a zaga aimoresista. Aos 28 minutos, depois de um novo momento Índio em campo, Padu concluiu de longe para a defesa de Otávio. E em primeiro tempo lento, Índio e Tivo foram para o vestiário para um intervalo de jogo sem gols.

E depois de duas mexidas no lado aimoresista, o jogo recomeçou no Cristo Rei. O jogo com poucas chances e de um Aimoré sem criatividade se encaminhava para a igualdade. Aos 42 minutos, entretanto, em escanteio cobrado do lado esquerdo, os visitantes marcaram. Gutierrez venceu a zaga aimoresista, que discutia antes da cobrança. Na base do desespero, mesmo em tarde pouco inspirada, o Índio logo igualou. Depois de curta pressão, a bola batida por Klein sobrou no centro da área e Neto Baiano, de perna direita, bateu forte, a bola quicou, entrou e finalizou o confronto em 1 a 1.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.