Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) estão protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Novo Hamburgo

'Parecia som de fuzil', conta testemunha ao ouvir troca de tiros entre bandidos e BM

Criminosos atacaram agência do Santander na Rua Joaquim Nabuco por volta das 9h30 desta sexta-feira
06/07/2018 11:00 06/07/2018 11:03

Humberto Fernandes/Especial
Agência do Santander na Rua Joaquim Nabuco foi alvo de assaltantes por volta das 9h30 desta sexta-feira
O assalto à agência do Santander no Centro de Novo Hamburgo, na manhã desta sexta-feira (6), assustou quem passava próximo ao local. Na fuga, houve troca de tiros e um veículo estacionando em frente ao banco foi atingido por disparos. Segundo a Brigada Militar, os assaltantes portavam possivelmente um fuzil e pistolas – armas de uso restrito das forças armadas. 

"Ouvimos duas sequências de sons que imaginamos ser de metralhadora. Parecia o som de fuzil que a gente ouve nos noticiários", relata uma mulher que não quis se identificar. "Acho que eles podem ter aproveitado exatamente da quebra da rotina no banco. Os empregados chegando pra trabalhar em horário diferente", conclui a testemunha. Nesta sexta-feira, os bancos abriram às 9 horas por conta do jogo da Seleção Brasileira. A agência foi alvo dos criminosos por volta das 9h30.

Já o entregador de panfletos, que trabalhava na Rua Joaquim Nabuco no momento do assalto, conta que se escondeu na hora dos tiros. "Não quis ver nada de perto. Vai que sobra uma bala!?", afirma o jovem que também prefere sigilo.

Além de trocar tiros com a Polícia, os criminosos largaram miguelitos (pregos retorcidos) na Avenida Pedro Adams Filho para dificultar a perseguição da BM. O carro usado para fugir, um Chevrolet Cruze, foi abandonado e queimado em um beco que sai na Rua Bento Manoel, no bairro Operário. 

Em novembro do ano passado, o banco já havia sido alvo de criminosos. Na ocasião, também houve troca de tiros com a BM. Um dos criminosos foi preso e não houve feridos. 





Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS