Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Niyama
Blog Niyama

Não dê a ninguém o poder de controlar você

O recado é da Monja Coen: transforme quem te faz mal em seu mestre
16/03/2018 17:42 16/03/2018 17:43

Como conviver com pessoas que nos fazem mal sem nos afastarmos delas?

Essa pergunta (feita mentalmente em várias ocasiões, talvez, por muitos de nós) foi feita por uma internauta à Monja Coen* pelo Facebook. A resposta veio em um vídeo publicado no YouTube (você assiste logo ali embaixo!) no canal da brasileira. 

Monja Coen respondeu à essa cabulosa pergunta com outras tantas: o que é fazer mal? E como exatamente uma pessoa faz mal a você? Quais emoções essa pessoa provoca? E é ela mesmo que provoca ou estes sentimentos já estão em você?

Raiva, frustração, tristeza, irritação. Segundo a Monja, já temos estes sentimentos dentro de nós. A pessoa ou uma situação que lhe faz mal são apenas o gatilho. Muitas vezes, podemos simplesmente optar por evitar essas pessoas ou essas situações. Em outras, é mais complicado. Então, quando não podemos nos afastar, o que fazemos?

Transformamos a forma como encaramos essa dificuldade.

Diz a Monja Coen: “transforme essa pessoa em seu mestre”. Não no sentido de idolatrá-la, fingir que está tudo bem ou se forçar a uma convivência que não é necessária. O que Monja Coen quis dizer é: busque encarar essas situações como algo que você pode usar para evoluir. Quando algo acontecer e vier aquela sensação de raiva, sinta. Respire. E então, deixe a raiva passar. Busque entender o que, exatamente, naquela pessoa ou naquela situação, mexe tanto com você. Aos poucos, entendendo e não reprimindo esses sentimentos, você consegue tomar atitudes em relação ao que lhe faz mal, seja para conseguir se afastar disso ou aprender a lidar melhor com esses sentimentos.

Monja Coen deixa bem claro: não dê a ninguém o poder de controlar você. Não deixe ninguém provocar as suas emoções. E quando você se enraivece com algo que a outra pessoa fez, o poder está todo nela. É difícil, olhar as coisas desta forma, mas essa pessoa ou essa situação estão lhe ensinando alguma coisa. Quando você descobrir o que é, a sua reação a uma agressão verbal, por exemplo, não será a mesma. Você vai mudar. Essa pessoa não vai conseguir mais a resposta que quer de você. E, então, ela vai precisar mudar também.

* A Monja Coen, nascida Cláudia Dias Baptista de Sousa, é uma monja zen budista brasileira e missionária oficial da tradição Soto Shu, que tem sede no Japão. Ela também é fundadora da Comunidade Zen Budista criada em 2001 em Pacaembu, São Paulo. Monja Coen foi repórter em vários jornais do País e, depois, dedicou-se a estudar no Zen Center em Los Angeles. Em seguida, partiu para o Japão e passou a seguir a tradição zen budista. 


Jornal de Gramado

Niyama

por Raquel Reckziegel
raquel.reckziegel@gruposinos.com.br

Mente. Energia vital. Autoconhecimento. Respeito ao corpo, aos próprios limites e ao mundo em que vivemos. A prática do yoga vai muito (mas muito mesmo!) além de meia dúzia de posturas de alongamento. O blog Niyama* surgiu justamente para apresentar um pouco desta fascinante filosofia de vida que se concentra não somente no corpo, mas em aquietar as flutuações da mente, curtir o presente e descobrir uma forma diferente de encarar a vida. Raquel Reckziegel é jornalista, trabalha na redação online dos sites do Grupo Sinos e pratica yoga há quase dois anos. (*Niyama é uma espécie de "código de conduta" que permite ao praticante olhar para dentro de si seguindo cinco conceitos: pureza, ou saucha; contentamento, ou santosha; austeridade, ou tapas; auto-estudo, ou svadhyaya; e devoção (ishvara-pranidhana).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS