Publicidade
Acompanhe:
Cotidiano | Gente Aos 47 anos

Morre a jornalista e escritora Mariana Kalil

Natural de Porto Alegre, atualmente era colunista na BandTV e na Band News FM

Por Jauri Belmonte
Última atualização: 22.03.2020 às 16:58

Mariana Kalil tinha 47 anos Foto: Jose Waxemberg / Estudio Mythos

O mundo do Jornalismo e da Literatura perde um nome importante: Mariana Kalil. A jornalista e escritora, de 47 anos, perdeu a luta para o câncer neste domingo (22). Mariana lutava contra um melanoma, que é uma forma agressiva do câncer de pele. Natural de Porto Alegre, morou em grandes centros do mundo, como São Paulo, Rio de Janeiro e Barcelona, onde fez uma pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema. Mariana era formada em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Na literatura, contribuiu escrevendo livros como Peregrina de Araque: uma jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio, redigido após uma viagem para a produção de uma reportagem; além de Vida Peregrina: uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado; e a crônica Tudo tem uma Primeira Vez. Trabalhou em jornais como O Estado de S.Paulo; Jornal do Brasil, Época IstoÉ. Ela estava exercendo, atualmente, a função de colunista na BandTV  e na Band News FM. Também era diretora do site Mari Kalil, direcionado à mulheres.

Ela deixou o marido, Carlos Eduardo Sperotto, o pai, Renato Kalil; a mãe, Iolanda Kalil; e os irmãos Lúcia e Conrado. Devido à pandemia do coronavírus, o velório acontecerá para familiares mais próximos no Memorial Angelus, até as 15 horas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.